Peixoto de Azevedo: após gestão de Nininho, Estado tornará permanentes 10 leitos de UTI de covid e promete complexo com 20 novas unidades

A Secretaria de Estado de Saúde tornará convencionais as 10 unidades de terapia intensiva (UTIs) instaladas no Hospital Regional de Peixoto de Azevedo para tratamento dos pacientes de covid-19. Após gestão do deputado estadual Ondanir Bortolini – Nininho (PSD), a pasta também ficou de estudar a construção de um complexo equipado com mais dez leitos.

O compromisso foi assumido pelo ex-secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo durante reunião na quinta-feira (31.03) com Nininho e os prefeitos de Peixoto de Azevedo, Maurício Ferreira de Souza, de Mundo Novo, Elson Roberto Munaro, de Terra Nova do Norte, Pascoal Alberton – presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Peixoto –, e a secretária municipal de Saúde de Matupá, Letícia Fonseca.

“Essa é mais uma conquista importante para tornar a saúde pública cada vez mais forte e presente nos municípios. Assim, ajudamos a cuidar da vida das pessoas de Mato Grosso”, destaca Nininho. “Solicitamos ao secretário Gilberto Figueiredo a efetivação dos 10 leitos de covid. Fomos atendidos e as estruturas permanecerão atendendo os moradores de Peixoto, Novo Mundo, Matupá e Terra Nova do Norte”, acrescenta.

INVESTIMENTO DE R$ 3,5 MILHÕES

Os prefeitos apresentaram a Gilberto Figueiredo o projeto para a construção de um prédio para a implantação de mais 20 leitos de UTI anexo ao Hospital Regional de Peixoto de Azevedo. O investimento será de R$ 3,5 milhões, sendo R$ 2 milhões do Governo do Estado e mais R$ 1,5 milhão proveniente de emendas parlamentares de Nininho e do deputado federal Neri Geller.

“Conseguimos sensibilizar o Governo do Estado para que as UTIs fossem mantidas em funcionamento no Hospital Regional de Peixoto, que já recebeu mais de R$ 15 milhões de investimentos  em reforma, ampliação, mobiliário, equipamentos e aparelhos hospitalares”, comemora o prefeito Maurício Ferreira.

Nininho lembra que o Hospital Regional de Peixoto recebe pacientes de todo o Vale do Peixoto e, inclusive, do Sul do Pará. “É uma região muito populosa, o que torna essencial a manutenção dos leitos de UTI e a construção do complexo com 20 novos leitos. Temos a expectativa de que a assinatura do convênio aconteça brevemente, com liberação de recursos, realização do processo licitatório e construção”, avalia o deputado.

Related Posts

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *