Deputado Nininho homenageia presidente e ex-gestores da Aprosmat com Moção de Aplauso; entidade lança livro

 

Requerida pelo deputado estadual Ondanir Bortolini – Nininho (PSD), a Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) realizou nesta segunda-feira (23.05) uma sessão solene para homenagear a Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat).  Criada em 10 de junho de 1.980, a entidade está completando 42 anos de fundação. Nininho concedeu Moção de Aplauso ao atual presidente, Gutemberg Carvalho Silveira, e para ex-gestores.

O deputado afirma que é o importante destacar a história da entidade, que tem como missão incentivar e expandir o comércio de sementes em Mato Grosso. “Acompanho o desenvolvimento da Aprosmat desde o início, lá em Rondonópolis. Tem uma importância enorme para o nosso Estado. É através dela que são desenvolvidas novas tecnologias e variedades de sementes. Saímos de uma produtividade de 35 sacas por hectare nos anos 80 para a média atual de 70 sacas por hectare, o dobro”, comenta.

Para Nininho a contribuição da Aprosmat em pesquisas e melhoramentos faz com que Mato Grosso seja destaque na produção mundial de soja. “Tem também a Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso, a Aprosoja. Investiram em pesquisa, investiram em tecnologias, fazendo com que o Estado supere a produtividade de ano a ano. Com isso, Mato Grosso tornou-se líder nacional e mundial em produção de grãos”, enaltece o parlamentar.

SEMENTE DE QUALIDADE

Atualmente, a Aprosmat possui três laboratórios de análise de sementes em Mato Grosso. As unidades são credenciadas pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro (Cgcre) e pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para serviços de desenvolvimento de pesquisa e ensaios experimentais de agrotóxicos.

“A Aprosmat trabalha para oferecer aos produtores sementes de alta qualidade, com todo o aporte técnico, garantindo segurança e produtividade”, pontua o presidente Gutemberg Silveira. “Com o trabalho da nossa associação, Mato Grosso evoluiu muito em produtividade de soja e de outras culturas, como algodão, arroz, milho e forrageiras”, acrescenta.

O produtor de sementes Pierre Patriat, que presidiu a Aprosmat de 2009 a 2012, diz que a entidade tem grande contribuição no desenvolvimento da soja em Mato Grosso. “O Estado é, hoje, o maior produtor mundial graças a esse trabalho. As pesquisas de cultivares e da melhoria das sementes são determinantes para essa boa produção”, afirma.

A SEMENTE GERMINOU

Durante a sessão solene, foi lançado o livro “A semente germinou”, produzido pelo escritor e jornalista Rogério Furtado em parceria com a editora Entrelinhas. A obra conta a história dos 42 anos da Aprosmat.

Participaram do evento os deputados estaduais Carlos Avalone, Thiago Silva, Valmir Moretto e Xuxu Dal Molin e o deputado federal Neri Geller.

HOMENAGEADOS

Arno Schneider (1980 – 1983)

Attilio Reginatto (1983 – 1984)

Carlos Eliseu Mardegan (1984 – 1985)

Gilberto Flávio Goellner (1985 – 1987)

Gilberto Flávio Goellner (1987 – 1988)

Gilberto Flávio Goellner (1988 – 1989)

Clovis Vettorato (1990 – 1992)

Álvaro L. O. Salles (1992 – 1994)

Blairo Borges Maggi (1994 – 1996)

João Carlos Carvalho (1996 – 1998)

Christopher Barry Ward (1998 – 2000)

Edeon Vaz Ferreira (2000 – 2002)

Edeon Vaz Ferreira (2002 -2004)

Evandro R. R. da Silveira (2004 – 2006)

Elton Hamer (2006 – 2008)

Pierre M. J. Patriat (2009 – 2010)

Pierre M. J. Patriat (2011 – 2012)

Carlos Ernesto Augustin (2013- 2014)

Carlos Ernesto Augustin (2015- 2016)

Gilberto Goellner (2017- 2018)

Gutemberg Carvalho Silveira  (2019 – 2021)

Gutemberg Carvalho Silveira (2021 – 2022)

 

 

Related Posts

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *