Home / Destaque / ECONOMIA – Deputado Nininho fala sobre a atuação da Frente Parlamentar de Suinocultura

ECONOMIA – Deputado Nininho fala sobre a atuação da Frente Parlamentar de Suinocultura

“Com o aumento do consumo da carne suína a população está atenta mais ao processo de industrialização”, declarou o parlamentar

No período de 2015-2018 o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, atuou como membro da Frente Parlamentar da Suinocultura. O trabalho desenvolvido pela Frente Parlamentar contou com a parceria da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat) e outros agentes públicos e privados que atuam na Cadeia Produtiva Suinícola.

De acordo com os dados coletados para a elaboração do relatório da frente parlamentar, o Brasil é o 4º maior produtor mundial de suínos, cujo o consumo de 12 Kg  saltou para 15,15 kg / ano/ habitante.

Em Mato Grosso, a cadeia produtiva ganha espaço e já ocupa a 5ª posição no ranking nacional. Conforme os números divulgados pelo Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), o estado conta com um plantel de 178.712 matrizes, com um rebanho estimado em 2,82 milhões de cabeças, gerando 3.505 empregos diretos e 10.515 empregos indiretos.

Para o deputado Nininho, os dados apontados no relatório são de extrema importância para balizar a produção em diferentes sentidos. “Com as informações da classe produtora de suínos, temos subsídios para ampliar o segmento desde tecnologia à capacitação de profissionais no mercado de trabalho”, ressaltou o parlamentar.

Outro ponto que Nininho destacou é a preocupação do segmento com a sustentabilidade ambiental das regiões que possuem produção extensiva de suínos. “O segmento está preocupado em produzir, mas também se preocupa em fomentar um manejo adequado para que o meio ambiente não seja afetado, e um dos caminhos é desenvolver um meio dos dejetos passarem por um processo de resíduos como fertilizantes, adubo orgânico e para a geração de energia térmica ou elétrica”, explicou o deputado.

“Quero parabenizar todos os membros que participaram da Frente Parlamentar, em especial a assessoria dos meus colegas e deputados Zeca Viana, que atuou como coordenador-geral e Dilmar Dal Bosco – sub-coordenador-geral, os técnicos responsáveis pela elaboração do relatório, a contribuição e parceria da Acrismat e todos os envolvidos para a conclusão dos trabalhos”, concluiu Nininho.

De acordo com dados divulgados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) e da Esalq-USP, as expectativas para o setor suinícola do Brasil em 2019 são ótimas, depois de um período desafiador em 2018. A perspectiva positiva está pautada, segundo pesquisadores, nos possíveis incrementos das exportações da carne suína (principalmente a países asiáticos) e redução dos custos de produção (especialmente devido ao aumento na produção nacional de grãos).

Os interessados em ter acesso ao relatório podem se dirigir ao gabinete do deputado Nininho, localizado no 1º andar da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, situada na Avenida André Antônio Maggi, nº 6, setor A, no bairro CPA.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*