Home / Destaque / INCENTIVO – Nininho defende o desenvolvimento das culturas de grãos no estado

INCENTIVO – Nininho defende o desenvolvimento das culturas de grãos no estado

“Há anos as safras de grãos batem recordes de produtividade, os números são de encher os olhos, e por isso os produtores precisam de mais incentivos, para investir, por exemplo, em melhoramento genético.”, disse o parlamentar.

O deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), Nininho, apresentou em sessão plenária uma emenda ao projeto de Lei nº 173/2018. Para uso do benefício fiscal, a emenda prevê o recolhimento de 0,35% ao Fundo de Apoio à Cultura da Soja – FACS, com intuito de promover o financiamento de ações voltadas ao apoio e desenvolvimento das culturas do feijão, trigo, *pulses e grãos especiais no estado de Mato Grosso. Além do recolhimento de 1,05% já previsto no projeto de lei inicial, ao Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Fundeic).

No requerimento apresentado, o parlamentar justifica a necessidade desse incentivo, devido à força do agronegócio no estado. “Há anos as safras de grãos batem recordes de produtividade, os números são de encher os olhos, e por isso os produtores precisam de mais incentivos para produzir com qualidade, e os investimentos em melhoramento genético e tecnologia faz diferença no volume final da produção”, ressaltou Nininho.

O parlamentar ainda ressaltou que esse sucesso do agronegócio vem do esforço dos produtores que, de sol a sol, cultivam a terra e acompanham os ciclos de produção, com muito esforço e dedicação. “Se hoje temos lavouras altamente produtivas, isso foi possível graças à dedicação dos produtores somada à tecnologia. Para se ter uma ideia nos anos 1970 eram colhidos cerca de 25 a 30 sacas de soja por hectare (ha), com os investimentos em tecnologia de ponta os números já ultrapassam 60 sacas por ha”,  frisou Nininho.

De acordo com o presidente da Associação dos Produtores de Feijão e Irrigantes de Mato Grosso (APROFIR), Alei Fernandes, a associação vem lutando por esse incentivo há mais de dois anos e o apoio do deputado Nininho é de extrema importância para os produtores.

“A lei sancionada será uma grande conquista para todo o segmento, nós fomos cobrados pelas grandes entidades tanto estadual como nacional, e agora, graças ao apoio do deputado estamos mais perto de realizar esse sonho e desenvolver ainda mais a produção que já exporta grãos (commodities) para a Ásia”, ressaltou o presidente.

TRAMITAÇÃO

O projeto de lei nº 173/2018, com a emenda, já foi aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) e pela Fiscalização da ALMT, agora aguarda ser sancionado pelo Governador Pedro Taques.

Pulses*: são sementes como, por exemplo, ervilhas secas, lentilhas e grão de bico.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*