Home / Destaque / Parceria – Primeiro-secretário da AL recebe embaixador e cônsul italianos

Parceria – Primeiro-secretário da AL recebe embaixador e cônsul italianos

Durante o encontro discutiram, dentre outros assuntos, o intercâmbio cultural e investimentos da Itália em Mato Grosso

Esta é a primeira vez que o embaixador italiano, Raffaele Trombretta, e o cônsul geral, Michele Pala, visitam Mato Grosso. Eles foram recebidos no último dia 3 pelo primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Ondanir Bortolini (PR), Nininho, para discutirem o intercâmbio cultural Brasil/Itália e possíveis investimentos do país em Mato Grosso.

Segundo o embaixador, Mato Grosso é muito rico e tem muitas possibilidades para parcerias. “Mato Grosso é um estado com muito potencial econômico e cultural. O objetivo da nossa visita é discutirmos com as autoridades uma forma de estreitarmos os laços entre a Itália e o estado de Mato Grosso”, explicou Trombetta.

“Sei que aqui a necessidade de melhorar a infraestrutura é grande, no Brasil já existem várias empresas italianas com grande competência nessa área e que podem contribuir também com Mato Grosso”, enfatizou.

Para o cônsul, a Itália está “descobrindo” Mato Grosso. “Ficamos maravilhados com as informações sobre o Estado que nos foram passadas e também com as belezas naturais, vamos conversar com os empresários italianos e apresentar Mato Grosso como um grande potencial para diversos investimentos em diferentes áreas, o turismo é um grande exemplo disso”.

“Ficamos surpresos com a quantidade de descendentes de italianos aqui em Mato Grosso, essa aproximação é muito importante para nós”, afirmou Michele Pala.

O deputado Nininho, que recepcionou a comitiva italiana, lembrou que já houve uma importante parceria da Itália com Mato Grosso, quando construíram pontes de concreto na época do governo Dante de Oliveira.

“Essa parceria foi essencial para o Estado, a ponte Sérgio Motta que liga Cuiabá a Várzea Grande, é um exemplo do sucesso dessa parceria”, ressaltou o parlamentar.

Durante a visita, as autoridades italianas falaram da possibilidade de criar a “Semana da Cultura Italiana no Brasil” para que os mato-grossenses possam conhecer melhor a cultura, a gastronomia e o potencial tecnológico e comercial de empresas italianas.

O deputado federal Adilton Sachetti, que também participou do encontro, acredita que a contribuição da Itália para Mato Grosso será muito significativa, uma vez que o país é referência em tecnologia.

“Não será uma parceria apenas, Mato Grosso é um estado quase continental e a Itália, como país de primeiro mundo, poderá trazer todo a aparato tecnológico que ainda não possuímos aqui e contribuir em vários setores”.

Cultura italiana – Esta visita oficial foi motivada pela turnê do Concerto Lírico Italiano que começou em agosto e já percorreu cinco cidades (Barra do Garças, Rondonópolis, Primavera do Leste, Campo Verde e Cuiabá) levando a cultura italiana também para o interior do Estado. A turnê vem atraindo mais público a cada cidade que se apresenta.

O espetáculo já percorreu seis cidades e a turnê será finalizada hoje em Alta Floresta. “É muito gratificante para nós da Assembleia, que apoiamos essa turnê, foi uma forma de homenagear a colônia italiana que reside em Cuiabá, pois é importante incentivar as culturas em nosso estado. Entendo que em cada região de Mato Grosso onde se desenvolveu o agronegócio há imigrantes italianos trabalhando para alavancar o estado”, definiu Nininho.

Integravam também a comitiva italiana o diretor do Instituto de Cultura Italiana no Brasil, Renato Poma e o presidente da Associação Circolo Italiano de Barra do Garças, Mário Buri, que realiza o evento.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*