Home / Destaque / Votação: Indicação do deputado Nininho que exclui as áreas da Saúde e Segurança Pública do Congelamento salarial é aprovada
Foto: imagem de arquivo.

Votação: Indicação do deputado Nininho que exclui as áreas da Saúde e Segurança Pública do Congelamento salarial é aprovada

Com a aprovação no senado, o projeto deve ser votado na Câmara na próxima quarta-feira.

 

Na noite deste sábado (02), o senado federal aprovou o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, com o auxílio financeiro a Estados e municípios para combate à pandemia da covid-19. Ao todo, serão repassados R$ 125 bilhões a título de compensação pelas perdas de receita de ICMS e ISS. Mato Grosso deve receber R$ 1,1 bilhão, divididos em quatro parcelas. O valor inclui repasses diretos e suspensão de dívidas, o texto também previa o congelamento salarial.

De acordo com o deputado Nininho, constantemente ele tem se reunido com profissionais das áreas da saúde e da educação, e fez uma indicação ao senador Carlos Fávaro (PSD), para que os profissionais fossem excluídos.

“Conseguimos êxito em nossa indicação. Todas as áreas são importantes. Na linha de frente no combate ao covid-19 temos a saúde e a segurança pública com profissionais que diariamente se arriscam, excluir estas duas áreas do congelamento é uma contribuição importante”, explicou o parlamentar.

Nininho agradeceu a bancada federal e o esforço dos senadores mato-grossenses. “A participação dos senadores Carlos Fávaro, Wellington Fagundes e o senador Jaime Campos, foi muito importante. Este é um momento de dificuldade, mas com a união de esforços podemos amenizar o sofrimento da população”, ratificou Nininho.

 

 

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*