Home / Destaque / AVANÇO: Relacionamento entre Bolívia e MT é um passo importante para a economia do Estado

AVANÇO: Relacionamento entre Bolívia e MT é um passo importante para a economia do Estado

“Foram dois dias intensos de agenda, onde Mato Grosso foi protagonista de uma oportunidade ímpar”, declarou o deputado Nininho

 

O deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD)- Nininho, participou da comitiva composta por autoridades estaduais e liderada pelo governador Mauro Mendes (DEM), à Bolívia na quarta e quinta-feira (25 e 26/9). O grupo esteve em visita ao país, que faz fronteira com Mato Grosso, para a assinatura do ‘contrato firme’ de abastecimento de gás natural. A cerimônia, realizada em Santa Cruz de La Sierra, contou com a presença do presidente boliviano Juan Evo Morales.

Para o deputado Nininho, o acordo chega numa boa hora. “A exemplo da articulação junto à Bolívia, conseguimos concluir o processo e todos ganham com isso. Os mato-grossenses vão sentir os resultados desse passo tão importante na economia”, destacou o parlamentar.

Com a assinatura do contrato, Mato Grosso receberá 1,5 milhão de metros cúbicos (m³) do combustível ao mês a partir de 1º de outubro de 2019. Conforme divulgado, o fornecimento pactuado entre a Companhia Mato-Grossense de Gás (MT Gás) e a estatal boliviana Yacimientos Petroliferos Fiscales Bolivianos (YPFB) tem a intenção de, em breve, criar uma sociedade entre as estatais para expandir a cadeia do gás natural a fim de atender a indústria e veículos movidos a este combustível.

De acordo com o governador Mauro Mendes, a união comercial é um “caminho seguro para o desenvolvimento”. “O gás natural é uma matriz energética importante. Vamos desenvolver um mercado potencialmente grande com este contrato, a preços competitivos, e em um curto prazo, desenvolver ainda mais a indústria local”, ratificou o governador.

“Estou muito animado com o rumo que o Estado está tomando, talvez muitas coisas não sejam compreendidas neste momento, e algumas medidas estejam sendo duras, porém, podemos ter uma perspectiva de desenvolvimento para o próximo ano”, avaliou o Nininho.

 

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*