Home / Destaque / MATO GROSSO – Projeto institui campanha de prevenção e combate às espécies de cegueira
Foto: ALMT

MATO GROSSO – Projeto institui campanha de prevenção e combate às espécies de cegueira

O objetivo da campanha é conscientizar a sociedade de que é preciso prestar mais atenção em nossos olhos e fazer acompanhamento das doenças que podem causar a cegueira, já que 60% delas são tratáveis

Projeto de lei nº 452/2019, apresentado em sessão plenária e de autoria do deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD)- Nininho, objetiva conscientizar a população mato-grossense sobre a importância da prevenção de doenças que podem levar à cegueira. A campanha de combate e prevenção às diversas espécies de cegueira terá o mês de abril como mês de desenvolvimento de ações sobre o tema, anualmente, fazendo ainda parte do calendário oficial de eventos de Mato Grosso.

Com o intuito de conscientizar a população, a campanha “Abril Marrom” terá atividades de promoção ao conhecimento sobre as diversas causas que levam à cegueira e como preveni-las, além de estimular ações educativas por parte dos seguimentos sociais e instituições públicas que envolvam  a doença.

De acordo com o deputado Nininho, o projeto, se sancionado, dará publicidade a um assunto de extrema  importância, afinal “nossos olhos, nossa visão é um patrimônio precioso e precisa receber a devida atenção e cuidado”. “Poucos sabem, mas existem muitas espécies de cegueira que são irreversíveis, como o glaucoma, e diante de números alarmantes de casos não diagnosticados e não tratados a tempo percebi a importância da campanha de prevenção”, explicou o autor.  “É preciso um esforço das entidades médicas, centros hospitalares e governo para minimizar os casos de cegueira provocados por falta de diagnóstico”, complementou Nininho.

O parlamentar ainda lembrou que muitas vezes as pessoas só buscam tratamento quando não é possível reverter a doença, e isso, geralmente, por falta de acesso à informação. Logo, destaca-se a importância de informar, prevenir e combater as causas da cegueira. A campanha irá conscientizar sobre a necessidade de acompanhamento médico especializado para evitar que doenças  que afetam os olhos se agravem.

DADOS

De acordo com dados do IBGE de 2010, no Brasil há mais de 6,5 milhões de pessoas com alguma deficiência visual, sendo 582 mil cegas e 6 milhões com baixa visão. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que entre 60% e 80% dos casos de cegueira são evitáveis e/ou tratáveis. Isso significa que quase 700 mil brasileiros que são cegos poderiam estar enxergando se tivessem recebido tratamento adequado e em tempo.

Como exemplo de doença que causa perda irreversível da visão se não tratada é o glaucoma e isto se deve principalmente ao fato de ser uma doença silenciosa. Quando surgem os primeiros sinais, o risco de o paciente ter importante perda da visão é iminente e definitivo.

Segundo as estatísticas fornecidas pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia apontam um milhão de vítimas do glaucoma, no país. Ainda de acordo com o conselho, estima-se que 70% dos portadores não estejam em tratamento;  até 2020, a expectativa é a de que 80 milhões de brasileiros desenvolvam essa patologia, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*